“Vagabond”, de Takehiko Inoue

A batalha de Sekigahara acabou, os dois amigos Shinmen Takezo e Hon’iden Matahachi estão do lado derrotado. Em meio aos mortos no campo de batalha, eles sobreviveram. Mas, os caçadores de recompensa estão em sem encalce e mesmo machucados eles terão que fugir para sobreviver.

Assim começa Vagabond, o mangá que retrata a história de Miyamoto Musashi, baseado no aclamado livro “Musashi”, de Eiji Yoshikawa. Ele conta a saga de vida do lendário espadachim e ronin, um dos heróis nacionais do Japão, desde a sua juventude. Sua narrativa elaborada, integrada a um desenho minucioso, tornou a série um sucesso que já vendeu mais de 82 milhões de cópias em todo o mundo, sendo premiada com o Cultural Affairs Media Arts e o Kodansha Manga Award, entre outros prêmios.

O estilo do mangá é muito envolvente, trazendo questões como honra, família, traição e lutas sangrentas logo nas primeiras páginas. Ele prende o leitor à história daquele jovem e o leva a conhecê-lo pouco a pouco, tudo isso no contexto do Japão feudal do século XVI.

vagabond-paginas

Vagabond é uma série de mangás, escrito e ilustrado por Takehiko Inoue. Eles foram lançados no Brasil pela primeira vez pela Conrad Editora, entre 2001 e 2006. Após isso, houve o lançamento de uma edição de luxo, pela Nova Sampa, mas que não chegou ao fim.

Em 2015, foi revelado durante a Comic Con Experience que a Panini havia adquirido os direitos do mangá, o que deixou muita gente animada pelo retorno da amada saga a partir do início. E não demorou muito, logo no começo de 2016, ela iniciou o relançamento, em edição mensal, que nesse mês de junho encontra-se na Nº 5.

Merece destaque especial a qualidade da edição que está sendo lançada pela Panini. As capas estão belíssimas, os mangás possuem orelhas contendo dados sobre o autor e poemas, as primeiras páginas são coloridas e no mangá de Nº 2 ainda vem um minipôster, tudo isso a um preço acessível em comparação ao custo-benefício e ao preço dos outros mangás no mercado brasileiro.

Agora é uma ótima oportunidade para quem quiser conhecer essa história e também para quem já conhece passar a colecionar o mangá desde o começo.

vagabond-titulos

Apaixonada por livros e pela cultura pop desde criança, o que transforma seu mundo num local cheio de referências. Estudante de direito, almeja aprender tantos idiomas quanto forem possíveis.

LEIA TAMBÉM:

Juliana Henrique

Apaixonada por livros e pela cultura pop desde criança, o que transforma seu mundo num local cheio de referências. Estudante de direito, almeja aprender tantos idiomas quanto forem possíveis.