Círculos do Inferno Cotidiano: Corrupção Política

Os direitos sempre estão sendo tirados. O pecador que por ventura acordar na dimensão eterna onde são punidos os corruptos, não vai ter certeza quais direitos ainda lhe restam. Mas seus direitos estão sendo tirados.

Seus filhos também sempre morrem. Mais filhos os substituem. Mais filhos morrem de inanição e diarreia. Todo o círculo é um esgoto a céu aberto. O pano de fundo são os arranha-céus luxuosos dos demônios residentes.

Não há descanso. O pecador acorda às três da manhã para trabalhar e volta para sua casa às dez da noite para assistir o programa eleitoral. Os candidatos sempre são Baal e Baphomet, mas, por diversão, eles mudam sua aparência e revelam sua identidade só após eleitos. Às vezes, se entediam e deixam para lá esse negócio de votação.

O pecador imagina quando vai poder parar de trabalhar. Quando chega o ano de sua aposentadoria, a idade mínima é acrescida em cinco mil anos. Ele volta à pegar a enxada, mas, se chove na plantação, é para inundar a colheita e derrubar o casebre. Culpa do aquecimento global. As políticas ambientais do governo não prestam.

Desiste da agricultura e vai limpar o chão dos edifícios demoníacos. O chão está sempre sujo. E seu casebre agora é derrubado por um deslizamento.

O pecador volta ao plantio. Promete votar certo na próxima eleição. Os candidatos: Baal e Baphomet.

E seus direitos estão sendo tirados.

Gabriele Diniz é escritora de fantasia e ficção científica, e não faz nada que sirva para colocar em uma biografia. Mantém o blog Usina de Universos https://usinadeuniversos.wordpress.com/

LEIA TAMBÉM:

Gabriele Diniz

Gabriele Diniz é escritora de fantasia e ficção científica, e não faz nada que sirva para colocar em uma biografia. Mantém o blog Usina de Universos https://usinadeuniversos.wordpress.com/