A caverna

A caverna se abre
sem se deter
sobre a luz que te orienta

O que da sombra
desenha teus olhos opacos
faz-se pérola

que irá coroar tua indigência
apagar teu nome
nomear teu cerne

…e o chamará

Abismo.

LEIA TAMBÉM: