Quando o amor nos aparece

Não tem bula que cure
A vontade de te encontrar
Ser todo teu, é só querer
Que venhas me amar.

Beijos em você eu vou dar
Saudade vai embora, e quando na hora
Estamos bem juntinhos, você diz
Que à noite vai sonhar.

Nossa historia de carinho e felicidade
Vai seguindo em frente e pede bis
Nós dois, lado a lado,
Sem medo de ser feliz.

Coração com coração
Não importa o que aconteça
É só amor, coisas
Da emoção e da paixão.

Se tu me queres e eu quero
O que nos espera, meu amor,
É só alegria o que mais venero.
Jardim do Éden é teu colo

Vem pra mim outra vez, sentir esse sabor,
Que eu decoro mil versos dos poetas
Dos lírios eu colho as flores
Das melhores lembranças, teus sabores.

Mil beijos pra te dar
Em você são só amores.

Pai, esposo, bem família, amante de música e apaixonado por livros. Estudante de Pedagogia, dedica-se a escrever histórias para crianças. Poeta por ser poeta. Uma boa estória e um punhado de prosa o alegram muito.

LEIA TAMBÉM:

José Cipriano

Pai, esposo, bem família, amante de música e apaixonado por livros. Estudante de Pedagogia, dedica-se a escrever histórias para crianças. Poeta por ser poeta. Uma boa estória e um punhado de prosa o alegram muito.

  • Sara dos Anjos

    Que lindo, José! Muito amor em forma de poema!!! Parabéns! Gostei demais!